Sobre

LOCALIZAÇÃO

Estamos localizados em Campina Grande do Sul – Paraná, Brasil, a 30 km da capital, Curitiba.

Nossa população silvestre é mantida para Programas de Recomposição e Manejo, com desenvolvimento de técnicas de criação e pesquisas em nossa área de atuação.

MANUTENÇÃO

O Criadouro Onça Pintada é mantido pela Associação de Pesquisa e Conservação da Vida Silvestre, que tem como objetivo sustentá-lo e ampliá-lo dentro dos padrões de qualidade exigidos pelo IBAMA, colaborando com a preservação e perpetuação da fauna e da flora silvestres do país.
POPULAÇÃO SILVESTRE

POPULAÇÃO SILVESTRE

Atualmente o Criadouro Onça Pintada ocupa uma área de 168 hectares, possuindo mais de 150 recintos que abrigam mais de 2.200 animais de 190 espécies. Esta população silvestre é mantida para Programas de Recomposição e Manejo, com desenvolvimento de técnicas de criação e pesquisas em nossa área de atuação.

História

1995

Nossa história começa em janeiro de 1995 … neste ano uma área rural originalmente usada para pecuária com 60 hectares foi adquirida. Apresentava grande degradação com áreas de erosão, assoreamento de mananciais e perda da cobertura vegetal devido à lotação de animais na atividade comercial.
 
Lenta e progressivamente a cobertura vegetal foi sendo reconstituída ao padrão original com a reintrodução de espécies nativas de árvores ameaçadas. O retorno dos animais silvestres ao local foi lento e por vezes inexistente devido ao desaparecimento da fauna nas propriedades lindeiras.
 

2002

Nesse ano a propriedade recebeu 12 exemplares de Cotias provenientes do Museu de Historia Natural do Capão da Imbuia – da Prefeitura Municipal de Curitiba – como parte de um programa de repovoamento dos bosques protegidos com esta espécie.

2003

Devido ao sucesso obtido, buscamos autorização junto ao IBAMA para aproveitamento da área para receber, proteger e reproduzir outras espécies da fauna brasileira ameaçada. Assim, no ano de 2003 foi fornecida a Licença de Operação de um Criadouro Conservacionista pelo IBAMA, quando recebemos o primeiro exemplar de Onça Pintada (chamado Juca), proveniente de um zoológico público fechado, devido à falta de condições adequadas de manutenção.

2009

Depois do Juca vieram muitos animais de outras espécies, na maioria provenientes do tráfico, posse ilegal ou resgate de Fauna. Desde então, o criadouro tem crescido continuamente e em 2009 foi criada a Associação de Pesquisa e Conservação da Vida Silvestre.

2015

A Associação de Pesquisa e Conservação da Vida Silvestre conquistou o “22º Prêmio Expressão de Ecologia”, com o Projeto Criadouro Onça Pintada, na categoria Conservação da Vida Silvestre. Certificado pelo Ministério do Meio Ambiente como a maior premiação ambiental do Sul, o Prêmio Expressão de Ecologia é o mais completo mapa da evolução empresarial na busca da sustentabilidade nas duas últimas décadas. A premiação conta com o apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e dos três órgãos ambientais públicos do Sul – SEMA/IAP (PR), Fatma (SC) e Fepam (RS) -, que têm representantes no grupo de jurados

2022

O Criadouro Onça Pintada, recebeu o Selo Amigo da Fauna. Trata-se de um reconhecimento do Governo do Estado ao trabalho desenvolvido em prol da conservação da biodiversidade e no cuidado com os animais silvestres. 

O selo foi entregue pelo secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), Everton Souza, ao proprietário do local, o médico Luciano Saboia. O reconhecimento integra as Iniciativas Pró-Fauna, desenvolvidas pelo Instituto Água e Terra (IAT), vinculado à secretaria.

Equipe

Luciano do Valle Saboia
Proprietário
Médico Oncologista & Cirurgião Presidente da Associação de Pesquisa e Conservação da Vida Silvestre
Cristiane Lange Saboia
Proprietária
Médica Oncologista & Hematologista
George Ortmeier Velastín
Médico Veterinário
Especialista em Biologia da Conservação Mestre em Medicina Veterinária
Carlos Eduardo Conte
Biólogo Coordenador
Fabiana Rocha Mendes
Bióloga
Pedro Chaves de Camargo
Médico Veterinário
Paulo Rogério Mangini
Médico Veterinário
Cada pedaço de terra é sagrado, onde cada ramo brilhante de pinheiro, cada punhado de areia das praias, a penumbra na floresta, cada clareira e inseto a zumbir carregam consigo as lembranças e experiências do homem.

— Cacique Si’ahl (Seattle) – 1854 —
Imagem
Este é o Namor, nossa lontrinha linda.
Atualmente, as espécies de lontra que ocorrem no Brasil, a lontra-neotropical e a lontra-gigante, estão classificadas, segundo a Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas.

Com muito pouco podemos reverter isso.
Copyright® Criadouro Onça Pintada - Todos os direitos reservados. Política de Privacidade.

Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, consideramos que você está de acordo com a nossa Política de Privacidade. Para mais informações, clique aqui.